EMERGÊNCIA CLIMÁTICA


Atualmente, estamos em um ponto crítico para as mudanças climáticas com enormes consequências para a vida humana. O CEJIL sabe que mudanças climáticas e direitos humanos não são questões separadas, ao contrário, estão intrinsecamente relacionadas . Embora as mudanças climáticas afetem toda a humanidade, as comunidades mais pobres e marginalizadas estarão entre as primeiras e mais duramente afetadas. De inundações na Argentina às secas na América Central e incêndios nas florestas no Brasil, já estamos vendo a reviravolta social e os refugiados climáticos exigindo a defesa de seus territórios e de seus direitos. Em particular, a região amazônica, aonde residem muitos dos parceiros indígenas do CEJIL, vem sendo um local privilegiado em que conjuntamente às ameaças derivadas do fenômeno de mudança s climática, a a coexistem a perseguição, a violência, assassinatos de lideranças eo risco de extinção de tribos, tradições e cultura indígenas.

Por meio de nosso trabalho de proteção às pessoas defensoras dos direitos humanos ambientais e grupos indígenas, o CEJIL trabalha para diminuir o impacto da mudança climática e melhorar a situação dos direitos humanos para grupos sociais mais vulneráveis.

Microsites

Conteúdo Relacionado